domingo, 19 de maio de 2019
(89) 999 743 718
Política

23/04/2019 ás 23h00 - atualizada em 24/04/2019 ás 13h37

Alessandro Guerra

Corrente / PI

Beijinha anuncia desfiliação do MDB
Anuncio foi feito em entrevista ao Repórter Alessandro Guerra
Beijinha anuncia desfiliação do MDB

O EX- Vereador e atual secretário de Desenvolvimento Rural do Município de Corrente, Benjamin Nogueira Filho, o Beijinha, anunciou nesta segunda-feira (23), ao Repórter Alessandro Guerra, o seu desligamento político do MDB, sigla do vice- prefeito, Dionizio Júnior e do deputado estadual, João Mádson. Além disso, ele fala sobre o futuro de seu grupo politico, confira;


MOTIVO


“Infelizmente o MDB tomou um rumo diferente, os vereadores deixaram de dar apoio na câmara ao prefeito Murilo, assim como o vice-prefeito e o deputado, então, eu junto com algumas lideranças, o Carlos Clayton, o ex-prefeito Ribeiro e outros nomes, iremos sair. No momento que o MDB não dar mais apoio ao governo que eu faço parte, que sou secretário, que tenho certeza que estou fazendo um grande trabalho com o apoio do prefeito, eu não posso ficar, não tenho nada pessoal contra o presidente, é meu sobrinho, tenho grande referência a ele”.


SECRETARIO ATÉ O FIM


“Continuo secretario até a vontade do prefeito, tenho compromisso político com ele, e irei honrar, tenho mais de 30 anos de vida pública, e tenho honrado todos eles”.


APOIO A REELEIÇÃO DE MURILO


“O que eu prego, é que nós temos uma aliança para ganhar as eleições, que é o prefeito Murilo, o Teruliano Cavalcanti está participando dela, e nós vamos ganhar as eleições, porque eu tenho certeza que o povo de Corrente irá reconhecer o trabalho de Murilo”.


ALIANÇAS


“Agora nós conseguimos uma aliança com o PSL, e vamos fazer outras alianças para que o governo receba esse apoio”.


O secretario rebateu as declarações advidas do grupo de João Mádson, de que, deixaram o governo por não terem recebido o apoio nas eleições 2018. “Na eleição anterior nós fizemos uma grande aliança com o João Mádson, e o prefeito já tinha uma aliança com o Gustavo Neiva, e isso não deixou que nós apoiássemos o Murilo, então essa aliança sempre se manteve Murilo de um lado e João Mádson de outro, mas numa convivência pacifica e boa para Corrente, mas o prefeito nunca prometeu que ia votar nele, sempre disse que tinha um deputado, e pelo contrário, nosso vice- prefeito era secretário de saúde e participava do governo, assim como eu que era do MDB, mas que tinha compromisso com o prefeito Murilo”.


Sobre filiação partidária, ele deixou caminho aberto para siglas que integram o governo. “O PP tem dois deputados federais e vários estaduais, e o prefeito Murilo tem sido bem recebido pelo senador Ciro, que nos engrandece, mas também não tenho nada contra o PSL, pelo contrário veio engrandecer o nosso governo”.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium