domingo, 15 de julho de 2018
(89) 999 743 718
Educação

17/06/2018 ás 15h30 - atualizada em 28/06/2018 ás 13h01

Alessandro Guerra

Corrente / PI

Estudantes fazem manifestação em apoio à greve da rede estadual em Avelino Lopes
Alunos percorreram Ruas da cidade com faixas e cartazes. Na última sexta-feira (15), professores realizam manifesto em Corrente
Estudantes fazem manifestação em apoio à greve da rede estadual em Avelino Lopes

Alunos da rede estadual de ensino de Avelino Lopes, no Extremo Sul do Piauí, realizaram uma manifestação na manhã do último sábado (16), como forma de demonstrar apoio às reivindicações dos professores, que entraram em greve no dia 7 de junho. O grupo formado por professores e alunos saiu da Unidade Escolar Deputado Fernando Monteiro e percorreu as Ruas ate o mercado público municipal.


A manifestação também teve a presença do Sindicado Trabalhadores em Educação do Estado do Piauí (SINTE), núcleo Regional de Corrente apoiando o movimento.


A estudante da 2ª série da Escola Estadual Fernando Monteiro, Larissa Ferreira, de 15 anos, conta o motivo dos alunos realizarem a manifestação. “Estamos juntos com eles porque eles é que vão formar a gente. Se eles são prejudicados nós também somos, professor não é apenas professor, é família, é mãe, é pai, professor depende sim do salário, porque eles tiram o dinheiro daqui para manter sua família. Professor merece mais, merece reajuste salarial, Avelino Lopes merece educação melhor sim”.


“Alunos, professores e funcionários estão aqui manifestando dizendo ao governo que não aceitamos o descanso com a educação publica e com os nossos trabalhadores em educação e queremos que o governo cumpra com o acordo q foi homologado na justiça, que é o pagamento do reajuste salarial dos professores e administrativos. Nós não estamos pedindo nada a ninguém”. Afirmou Sandra Marilia, presidente do SINTE.


“Nós repudiamos essa atitude em não honrar, o compromisso que ele fez. A greve é o último estágio que podemos chegar para tentarmos conseguir o que é de direito”. Colocou o professor Gidevan.


Na última sexta- feira (15), professores com apoio de alunos realizaram um manifesto na Praça Padre Elizeu Cavalcante em Corrente. 






Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium