Sábado, 17 de novembro de 2018
(89) 999 743 718
Educação

14/06/2018 ás 23h27 - atualizada em 19/06/2018 ás 18h05

Alessandro Guerra

Corrente / PI

Escolas estaduais no Extremo Sul do Piauí aderem à greve
A greve já dura 9 dias, em Corrente as atividades estão suspensas em todas as escolas. O movimento conta com apoio de estudantes
Escolas estaduais no Extremo Sul do Piauí aderem à greve

Escolas estaduais dos municípios do Extremo Sul do Piauí suspenderam totalmente ou paralisaram as atividades devido à greve dos servidores de educação deflagrada na última quinta-feira (07), em todo o estado do Piauí. A informação é da presidente regional do SINTE em Corrente, Sandra Marilia.


Os municípios de Avelino Lopes, Corrente, Parnaguá e Curimatá suspenderam totalmente as suas atividades, apenas Monte Alegre do Piauí e Cristalândia do Piauí paralisaram as atividades. Os demais que não aderiram, que é o caso de Riacho Frio e Barreiras do Piauí é porque não há efetivo em sala.


"Essa grave tem sido diferente, poís a classe acordou e tem se unido diante desse descaso do governo em não honrar o acordo judicial do reajuste salarial feito em 12 de março. O sentimento que temos é de repúdio a desvalorização de todos os Trabalhadores em Educação por  parte do Governo Wellington Dias. Só retornaremos ao período letivo, quando o governador pagar o reajuste a todos os trabalhadores em educação". Afirmou Sandra Marilia.


A greve tem como base a falta de reajustes para docentes e funcionários, 6,81% e 3,95%, referente ao ano de 2018.

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium